Cantor, Paulynho Paixão morre após sofrer dois acidentes

03/04/2020

O cantor piauiense Francisco de Paula Moura, o Paulynho Paixão, 43 anos, morreu em um grave acidente na madrugada desta sexta-feira (3). Ele sofreu um acidente de carro por volta das 22h de quinta-feira (2) e saiu ileso. Ele resolveu retornar ao local, de moto, aproximadamente à 00h30, mas caiu na PI-225, altura da cidade de São Miguel da Baixa Grande, 159 km de Teresina, e morreu devido aos ferimentos.

De acordo com o irmão de Paulinho Paixão, Francisco da Cruz Moura, o cantor sofreu o acidente de carro por volta das 22h na BR-316, próximo à cidade de Passagem Franca do Piauí. Ele não teve ferimentos e foi para a casa da família, em São Miguel da Baixa Grande, de onde foi encaminhado ao hospital.

Horas depois, os irmãos de Paulynho Paixão foram ao local para tentar buscar o carro em que ele havia se acidentado. Contudo, retornando à cidade, encontraram o cantor caído no chão, próximo ao Riacho Dantas, na PI-225.

Ele foi encaminhado ao hospital de Valença, mas morreu por volta de 3h da manhã. O velório aconteceu em São Miguel da Baixa Grande, cidade natal do cantor.                                                                                                                                              O piauiense ficou conhecido principalmente no Norte e Nordeste como "Rei do Coladinho" e compôs músicas que são interpretadas por cantores como Simone e Simária, Luan Santana, Gustavo Lima, Leo Magalhães, Xand Avião e Wesley Safadão. O cantor chegou a compor mais de 2 mil músicas ao longo de mais de 15 anos de carreira.

Violência doméstica

O cantor chegou a ser preso, em agosto de 2019, por agressão contra sua esposa, Wilma Alves da Silva, conhecida como Tayanne Costa. A Justiça acatou a denúncia no dia 21 de janeiro de 2020.

O caso ocorreu em um hotel no dia 11 de agosto de 2019, após um show na cidade de Bacabal, a 247 km de São Luís. Na época, Paulynho Paixão foi enquadrado na Lei Maria da Penha e acabou preso após uma denúncia de agressão por parte de Tayanne Costa.

   Fonte: G1

"Entretenimento" - Felipe Prior é eliminado do 'BBB20' com 56,73%

01/04/2020

Felipe Prior foi eliminado do "BBB20" nesta terça-feira (31) com 56,73% dos votos. Ele foi o décimo a deixar a casa. O paredão bateu o recorde histórico do programa, com mais de 1,5 bilhão de votos.                                                                        Prior foi indicado no domingo (30) pela líder, Giselly.

Com isso, Manu Gavassi e Mari Gonzalez continuam na casa. Manu, puxada por Prior após indicação do participante, recebeu 42,51% dos votos. Mari, que terminou no paredão por ser a pior colocada com Gabi na prova do líder na quinta-feira (26) levou apenas 0,76%.

Em conversa com o apresentador Tiago Leifert depois de deixar a casa, Prior falou que ficou nervoso depois dos problemas que seu grupo de amigos enfrentou no começo da edição.

"Aqueles primeiro fatos no programa me desequilibraram muito."

Também falou que estava chateado com os rivais. "Eu já estava esgotado com o pessoal. Tava vendo muita hipocrisia nas pessoas. Tudo era muito lindo e maravilhoso. A vida não é assim."

Mas o eliminado admitiu que precisa pensar em algumas atitudes, principalmente depois que Leifert falou que ele precisa parar de gritar com a própria mãe. "Preciso melhorar nisso. Preciso melhorar em muitas coisas, e o 'Big Brother' vai me ajudar nisso."

       Fonte:G1      

Mudança de tom na fala de Bolsonaro alivia auxiliares que temiam isola

01/04/2020

A mudança de tom do presidente Jair Bolsonaro em pronunciamento na noite desta terça-feira (31) sobre a crise do coronavírus foi recebida com alívio e discreta comemoração em vários setores do governo.

A percepção é a de que a nova posição de Bolsonaro, que dessa vez não criticou o isolamento social como forma de conter a pandemia, foi recebida como um sinal verde para a manutenção das orientações técnicas do Ministério da Saúde e das ações do Ministério da Economia para garantir recursos para as pessoas ficarem em casa.

Mesmo assim, na manhã desta quarta-feira (1º), auxiliares ficaram em alerta com publicação de Bolsonaro nas redes sociais. Isso porque ele voltou a subir o tom contra governadores e prefeitos.

O presidente publicou um vídeo de um homem que apontava o desabastecimento em uma unidade da Ceasa em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, dizendo que "a culpa é dos governadores".

"Não é um desentendimento entre o Presidente e ALGUNS governadores e ALGUNS prefeitos. São fatos e realidades que devem ser mostradas. Depois da destruição não interessa mostrar culpados", escreveu Bolsonaro na publicação.

Porém, não há desabastecimento na central, conforme imagens registradas pela TV Globo nesta quarta e nota enviada pela própria Ceasa.

Era consenso dentro do governo que a postura anterior de Bolsonaro – que chegou a pedir a “volta à normalidade” e o fim do “confinamento em massa” – ficou insustentável depois que até o presidente americano Donald Trump mudou o tom do discurso em relação à pandemia.

No último domingo (29), Trump reconheceu a gravidade da pandemia e ampliou o prazo da quarentena nos Estados Unidos para 30 de abril.

Auxiliares mais próximos de Bolsonaro, principalmente da chamada ala militar, já estavam em alerta com a posição solitária do presidente ainda mais evidente na semana passada.

Até porque, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e as principais lideranças do Congresso Nacional tinham reforçado o discurso de seguir as recomendações da ciência e dos organismos internacionais de saúde.

A posição firme de ministros da ala militar do governo e de conselheiros jurídicos do presidente foi considerada fundamental para isolar a “ala ideológica” do governo, que tinha influenciado o pronunciamento anterior.

A expectativa desse grupo mais ideológico era a de que Trump fosse flexibilizar o isolamento nos Estados Unidos, o que não aconteceu.

“O presidente estava sozinho numa posição que ia na contramão do mundo. Isso já estava criando uma grande frustração da própria equipe. Por isso, essa mudança é bem-vinda”, disse um ministro ao blog.

Houve grande desconforto entre os principais ministros, não só com o pronunciamento de Bolsonaro na semana passada, mas também com o passeio dado por ele no domingo em cidades satélite de Brasília.

Nas ruas, a presença do presidente provocou pequenas aglomerações, indo na contramão da orientação do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Nesta terça, depois do novo pronunciamento, auxiliares de Bolsonaro fizeram questão de reforçar e blindar de imediato essa nova posição.

Nas redes sociais, o ministro da Justiça, Sergio Moro, parabenizou o presidente pelo pronunciamento. Moro considerou a fala conciliadora, ao tratar do isolamento social e de medidas de proteção a empresas, renda e ao emprego e de ampliação da estrutura de saúde.

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, postou o vídeo do pronunciamento de Bolsonaro e escreveu que juntos venceremos a luta contra o coronavírus. A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, chamou a fala de Bolsonaro de "fantástica" e disse que o presidente pediu unidade na luta contra o vírus.

Fonte: G1

Defensoria pede soltura imediata de presos com tuberculose no Piauí

01/04/2020

Devido ao risco de contágio e propagação da Covid-19 nos presídios piauienses, a Defensoria Pública do Estado do Piauí impetrou Habeas Corpus coletivo no Tribunal de Justiça pedindo a imediata revogação de todas as prisões cautelares das pessoas acometidas por tuberculose, substituindo por prisão domiciliar ou medidas cautelares diversas, bem como a antecipação de saída na forma de prisão domiciliar por razões humanitárias.

No documento os defensores discorrem sobre a pandemia do novo coronavírus e apontam que os estabelecimentos prisionais, são superlotados, insalubres, “verdadeiros antros de proliferação de doenças infectocontagiosas” e que reclamações no tocante a qualidade da comida são corriqueiras.                                                                                                   Relatam que não há equipes mínimas de saúde, nos termos da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema Prisional – PNAISP, “assim como não contam com água potável abundante, nem com fornecimento regular e suficiente de itens de higiene e vestuário”.

Frisam que os fundamentos para a concessão do habeas corpus são amparados nas recomendações das autoridades sanitárias no que diz respeito à necessidade de maximizar as medidas de prevenção específicas para a população prisional, com a finalidade preservação do direito à vida, à saúde e à integridade física dos presos.

O habeas corpus foi impetrado de forma eletrônica às 22h46min de ontem (31) e distribuído a 2ª Câmara Especializada Criminal. O desembargador Joaquim Dias de Santana Filho foi escolhido por sorteio e vai relatar o feito.                                                                                                                                                                                                                                                     Fonte: GP1

NO DIREITO DE RESPOSTA, CLEIVAN LEAL CONCEDE ENTREVISTA À CLUBE FM

29/03/2020

Em entrevista concedida ao fundador da Clube fm Cleivan Leal, na última sexta-feira,27 de Março no Jornal da Clube, Cleivan Leal falou sobre a polêmica que ocorreu essa semana.

Cleivan Leal cobrou também do prefeito Neném de Edite nas redes sociais que o mesmo pegasse e distribuísse cestas básicas, álcool em gel e máscaras.

Enfim... material que pudesse ajudar as pessoas que se encontram dentro de casa sem poder trabalhar e passando necessidade em decorrência do que o nosso país está vivendo hoje, com essa pandemia do novo (coronavirus). Pontuou Cleivan Leal.

Cleivan Leal alegou também que seria mais importante nesse momento era cuidar da saúde do povo, ao invés do prefeito estar em uma construção de uma praça com várias pessoas juntas, trabalhando em um período onde se tem um decreto que pede para as pessoas ficarem em casa, isolada por conta da pandemia novo ( Coronavirus ) que assola o mundo.

Segundo à população que ouviu as entrevistas que aconteceram entre Cleivan Leal na sexta-feira 27 de março, e o prefeito Neném de Edite na última quarta-feira 25 de março, A população seguiu estar certo o fundador da rádio Clube Fm, Que o prefeito deveria “SIM” cuidar no momento do que é mais importante A “SAÚDE” do povo.

A população em meio as mensagens enviadas ao fundador da rádio Clube fm via whatssap, sugeriu inclusive para o prefeito Neném de Edite que pegasse a merenda escolar; já que as escolas encontram-se fechadas em decorrência da pandemia novo ( Coronavirus ),e distribuísse para as famílias das mesmas crianças que estudam nessas escolas da rede municipal, que se encontram isoladas em casa sem poderem estudar.

Em entrevista dada na última quarta-feira dia 25 de março, o prefeito Neném de Edite falou que a prefeitura poderia sim fazer as doações das cestas básicas, mais não tinha dinheiro sobrando no momento, e pauta ainda que só quem sabe da realidade é o gestor, as decisões que podem ser tomadas.

Neném de Edite ainda ressalta em sua  entrevista pedindo encarecidamente que o mesmo Cleivan Leal, pegue o contrato que tem com a emissora Clube fm e abra mão do mesmo  para compra de cestas básicas para essas famílias.

Cleivan Leal finaliza:

“Mais todo mundo lembra que para fazer festa não faltava dinheiro... Agora que o povo está precisando de cestas básicas para as famílias nesse momento em que várias estão em suas casas sem poderem trabalhar por conta dessa pandemia do novo ( coronavirus ), ele diz que não tem e sugere que a rádio Clube fm faça isso.

 Tenho feito algumas campanhas nesse sentido, e que a rádio Clube fm abre mão desse contrato o qual foi citado e sugere também que o senhor prefeito Neném de Edite abra mão também do seu salário de prefeito, como outros prefeitos fizeram; Abriu mão dos seus salários e fizeram doações.

Da redação.

Prefeito Antônio Felícia é a 1ª morte confirmada por coronavírus no Pi

28/03/2020

 governador Wellington Dias confirmou na manhã deste sábado (28), que o prefeito Antônio Nonato Lima Gomes, mais conhecido como Antônio Felícia, do município de São José do Divino, morreu ontem (27) devido ao novo coronavirus (covid-19).

Segundo o governador Wellington, o prefeito morreu após dar entrada no hospital de Piracuruca. “O enterro já foi feito conforme as recomendações do Ministério da Saúde, após a entrada dele no hospital de Piracuruca foi determinado que a vigilância epidemiológica se dirigisse para o município de Piracuruca e São José do Divino. Antônio Felícia era meu amigo pessoal e prefeito do meu partido”, lamentou o governador em um vídeo postado em suas redes sociais.                                                                              Ainda de acordo com o governador Wellington, o prefeito Antonio Felícia pegou o novo coronavírus de uma pessoa de Parnaíba que também já testou positivo para o vírus. “Já foi verificado que ele pegou o coronavírus de uma outra pessoa da cidade de Parnaíba que também deu confirmação positiva e atualmente está hospitalizado”, detalhou o gestor.

Welington Dias também informou que atualmente o Piauí possui 11 casos confirmados de coronavírus e um óbito.                                A Sesapi divulgou uma nota informando a primeira morte por coronavírus no Piauí. “O Lacen liberou na manhã deste sábado, 28 de março, os exames do prefeito de São José do Divino, Antônio Felícia, que atestaram positivo para o novo coronavírus. Ele tinha histórico de diabetes e teve uma evolução rápida da doença”, diz trecho da nota.

Confira a nota na íntegra

A Secretaria de Estado da Saúde informa que foi registrada no Piauí a primeira morte por covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

O Lacen liberou na manhã deste sábado, 28 de março, os exames do prefeito de São José do Divino, Antônio Nonato Lima Gomes, conhecido como Antonio Felicia (PT), que testaram positivo para o novo coronavírus.O prefeito, de 57 anos, chegou a ser atendido no Hospital Dr. José Brito Magalhães, no município de Piracuruca, mas não resistiu.

Ele tinha histórico de diabetes e teve uma evolução rápida da doença.

Relembre o caso

O prefeito Antônio Felícia faleceu na madrugada desta sexta-feira (27), após dar entrada no Hospital Dr. José Brito Magalhães, em Piracuruca, com suspeita de coronavírus (covid-19) .

Em entrevista ao GP1, o prefeito de Piracuruca, Dr. Raimundo, que também é médico, informou que foi procurado por telefone na quarta-feira (25) por Antônio Felícia, relatando que estava há dois dias com febre e sem outros sintomas.

“Eu perguntei: tem algum sinal de gripe, tosse, dor de garganta, coriza? Ele disse não, só febre. Eu falei para ele que era bom investigar, ir a Teresina fazer uma tomografia no pulmão para investigar, pois nós estamos no momento de uma pandemia viral. 'Eu recomendo que você vá a Teresina'. Ele não foi. Hoje, 2h da manhã, ele deu entrada no Pronto-Socorro de Piracuruca em franca dispneia, falta de ar intensa, e saturação de 40% de oxigênio”, explicou.

Dr. Raimundo disse ainda que minutos após dar entrada na unidade de saúde, Antônio Felícia não resistiu e acabou morrendo, rapidamente. “Foi feita a entubação, quando mal terminou o procedimento ele já estava em óbito”, pontuou.

Caixão lacrado

O corpo foi liberado por volta das 08 horas de ontem, sendo levado a São José do Divino em um caixão lacrado, que não pôde ser aberto, sendo sepultado em seguida.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                             Fonte: GP1

Aplicativos


 Locutor Ao vivo


Erinagela Sousa

Manhã Clube

Peça Sua Música


Top 5

top1
1. Maneva

Nuvens Do Amanhã

top2
2. Gabriela Rocha

Lugar Secreto

top3
3. Davi Sacer

Tua Graça me Basta

top4
4. Anderson Freire

Acalma o meu coração

top5
5. Aline Barros

Ressuscita-me


Anunciantes